▲ Namorar com um polícia II


É dormir sozinha mais vezes do que gostaria. É ter os horários trocados várias vezes. É não dar para fazer planos muito grandes nem a longo prazo. É estar preocupada desde que ele sai para trabalhar até chegar. É aprender a respirar fundo sempre que ouves as noticias, que estão quase sempre erradas e só dão uma imagem negativa da polícia. É habituar-me à constante presença de armas. É passar a conhecer os amigos/colegas dele pelo último nome. É adorar vê-lo de farda. É vê-lo sempre a observar tudo e todos nos sítios públicos. É perceber que o cansaço é algo normal e sestas são quase obrigatórias. É ficar toda inchada de orgulho dele. É fazer questão de lhe dizer várias vezes por dia e especialmente quando começa o turno que o amo. É vê-lo arriscar a vida dele todos os dias e a sociedade fazer dos criminosos as vitimas. É aprender a gostar do som do velcro. É perceber que ele não vai poder estar em todos os aniversários ou almoços de família. É saber os riscos que ele corre mas a profissão dele não ser considerada uma profissão de risco. É ouvir os comentários dos sabichões que não sabem nada mas estão sempre prontos para opinar. É sentar-me sempre de costas para a porta em sítios públicos. É esperar nunca receber aquela chamada. É ver os governos que não têm o mínimo respeito e proteção por quem arrisca a vida por nós.

20 comentários:

C. Correia disse...

Bem verdade! Uma profissão que deveria ser mais respeitada e apoiada pelo Estado!

Andreia Morais disse...

Acredito que seja um constante viver com o coração nas mãos, ainda que quando ele chegue a casa também regresse a paz!

Adoro o cabeçalho, está super fofo *.*

Rita C. disse...

Tão verdade :/

Vanessa disse...

Este tecto é escrito com tanto orgulho do teu polícia, nota-se isso! De facto tens razão, uma profissão de alto risco que devia ser mais valorizada.
Enquanto ao teu comentário, uso o creme ainda no banho com a pele molhada, enquanto lavo o cabelo por exemplo...

Vanessa disse...

Texto!!! *

Catia Ferreira disse...

É uma profissão que devia ser mais respeitada.

Cláudia S. Reis disse...

O marido de uma colega minha de trabalho também é polícia. E ela diz-me todas estas coisas também! Ela conta-me que ao início mal dormia enquanto ele não chegava mas que com o tempo acaba por se habituar. Também ajuda ele estar numa zona onde não há grandes problemas.

Eu não sei se o meu coração aguentaria tanta preocupação, sou sincera.

Tânia Silva disse...

Uma profissão que devia ser muito mais valorizada.
Beijinhos

Blog ChocoPink / Instagram / Facebook

➳ Nea ☽ disse...

Agradece ao teu namorado por mim!
Estamos numa área complicada (eu estudo criminologia) e é de facto revoltante verificar muitas das situações que aqui citas. Mas o lado bom... Oh o lado bom ♡

Anónimo disse...

Tanto pode ter coisas boas como más, mas pode-se dizer que o lado bom é sempre a melhor perspectiva da profissão dele :)

r: já tentei e não consegui, acho que vou mesmo mudar :/

Classe Cappuccino disse...

Acredito. :(

CM disse...

Interesting post, dear (:

CM | XIII.

disse...

Li uma publicação escrita com tanto orgulho, adorei ^^
Em tudo há coisas boas e más, espero que as boas superem sempre as más e que comece a ser uma profissão mais respeitada pelos estado e pela sociedade :D

Beijinhos grandes da Mó :D
O blog da Mó | Instagram

Carolina Ferreira disse...

Deve ser muito difícil, mas também te deve dar muito orgulho, de certeza! Que sejam sempre muito felizes!
Beijinhos *.*

pequenasvontades disse...

Uma das coisas que admiro na sociedade norte americana é serem agradecidos aos militares pelo seu serviço. Importamos tanta coisa fútil mas bem que podíamos importar este agradecimento por quem se arrisca pela nossa segurança.

Sandra A. disse...

r: tens alguns bem interessantes :))

Tulipa Negra disse...

E, neste pequeno texto, é tão óbvio o quanto o amas :)

Noora S. disse...

O texto está muito lindo e parece tão sincero. Deve ser complicado estar com alguém com este tipo de profissão entre outras.

Vanessa Gonçalves disse...

Uma profissão que merecia muito mais respeito, sem dúvida!
Para ti não deve ser nada fácil...deve ser viver com o coração nas mãos :/

silvioafonso disse...

Tirei a semana para falar do
meu cachorro e das mulheres que
amo. Amanhã, será o dia dEle e,
é claro, rabiscarei alguma coisa
para falar da gente, dEle e de mim.

Bom Natal e bom domingo.

Ah, eu a estou seguindo e se você
achar que o meu blog merece, siga-
me também que a gente merece.
Um Beijo,

silvioafonso



.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...