▲ Ele foi às compras...



Há um ano fui com o meu namorado ver motas porque ele queria uma. A primeira que vimos ele apaixonou-se e pelo olhar dele eu percebi logo que ele a ia comprar. Como eu não tinha muito com que me preocupar com ele, ele achou por bem arranjar algo para me dar cabelos brancos (que já começaram a nascer!).
Poucos meses depois comprei o meu capacete e casaco para poder andar com ele. Para mim não foi novidade porque o meu pai e o meu irmão já tiveram motas e andei várias vezes com eles quando era mais pequena mas era novidade para o meu namorado e as primeiras voltas não foram fáceis para mim por causa dos nervos, a falta de hábito a andar de mota e também em parte pela pouca experiência do meu namorado.
Entretanto já trocou de mota, para uma mais de turismo que é bem mais confortável e que nos permitirá fazer viagens longas quando assim o quisermos e pudermos.

Hoje em dia até fico com saudades de andar de mota durante a semana e quem já andou e gosta percebe-me de certeza.
E agora passeamos muito mais porque sai mais barato, chegamos mais rápido porque não ficamos presos no trânsito, não há problema com lugares seja ao chegar a casa ou onde vamos e às vezes saímos mesmo só para andar de mota, nem paramos em lado nenhum.

7 comentários:

Andreia Morais disse...

Nunca andei de mota, mas confesso que é algo que me causa algum receio :o

Mary disse...

Andar de mota traz-me imensas recordações da minha infância, que bom! O meu pai teve, durante muito tempo, mota e eu passeava muito com ele. Adorava e, apesar de já não andar há muito tempo, ainda existe cá esse bichinho :p

R: É isso, sinto que outra licenciatura me poderá abrir mais portas. Vamos ver, há sempre tempo para tirar um mestrado, por isso. Obrigada pelo teu comentário :)

Beijinho

Cláudia S. Reis disse...

Já andei de mota e morri de medo, sem sequer andar a grande velocidade. Os meus pais têm uma mota e sempre me recusei a andar nela. Apesar de imensas pessoas andarem de mota sem terem qualquer problema e de ver as vantagens é um meio de transporte que me faz tremer de medo. Prefiro as quatro rodas!

Marta Martins disse...

Adoro a liberdade de andar de mota.

disse...

Confesso que não gosto muito de andar de mota, apesar de estar habituada tenho sempre sempre algum receio xD

Realmente há imensos pontos fortes em ter uma mota e não carro :)
Beijinhos grandes ^^

Nea ☽ disse...

Muito obrigada pelas tuas palavrinhas de força!
E é bom saber que, apesar de andar mais afastada por todos os motivos,vocês continuam cá **

M. disse...

O meu namorado também quer muito uma mota mas eu tenho medo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...